domingo, 24 de julho de 2011

Teleférico do RJ transporta 147 mil pessoas em 2 semanas
Publicado: domingo, 24 de julho de 2011
A integração do Teleférico com os trens da SuperVia proporciona uma forma mais ágil e confortável para os moradores do Complexo do Alemão se locomoverem.

Com duas semanas de operação assistida, o Teleférico do Complexo do Alemão já transportou 147 mil pessoas. Para garantir a perfeita adaptação da comunidade a esse novo modelo de transporte, a SuperVia está promovendo ações para orientação de funcionários e clientes. O funcionamento também está sendo feito em horários alternados para que seja possível dimensionar corretamente o fluxo de passageiros, as demandas da comunidade e os possíveis pontos de melhorias.

A operação começou divida em dois horários, entre 9h e 11h e 14h e 16h e posteriormente ampliada. “Logo percebemos que aumentar as horas diárias de funcionamento, com a abertura mais cedo, seria uma forma de atender melhor a população que está indo trabalhar e aprimorar a eficiência dos funcionários e manutenção do sistema. Nestes primeiros dois meses, podemos fazer essa rotatividade de horário para que estejamos preparados para a operação plena. A comunidade será a primeira a ser avisada em caso de possíveis mudanças neste período”, afirma Carlos José Cunha, presidente da SuperVia.

Na primeira semana de agosto será iniciado o cadastramento de moradores que terão direito a duas passagens gratuitas diariamente. Na próxima segunda-feira, 25/07, a RioCard iniciará um pré-agendamento pelo telefone (21) 3265-9997, que funcionará de segunda à sexta, entre 07h30 e 20h, e sábados e domingos, entre 07h50 e 14h. O cadastramento começa na primeira semana de agosto com posto instalado na estação de Bonsucesso e a previsão inicial é que aconteça de segunda à sexta, das 7h às 16h, e aos sábados, de 9 às 13h. Para o registro, o morador deverá apresentar CPF, RG e comprovante de residência. A cobrança será a feita a partir de setembro.

A integração do Teleférico com os trens da SuperVia proporciona uma forma mais ágil e confortável para os moradores do Complexo do Alemão se locomoverem. Para o bom funcionamento do transporte, a empresa reforça a importância de seguir a orientação da equipe de seguranças e “Posso ajudar?”, profissionais responsáveis pela organização do embarque e desembarque dos passageiros. Para Luiz de Souza, diretor do Teleférico, as premissas para a regularidade do sistema já estão entrando no cotidiano das pessoas. “Ainda temos alguns pontos a melhorar como, por exemplo, as pipas. Teleférico e pipa não combinam. Pedimos o apoio da comunidade, pois a brincadeira causa interrupções na circulação, o que pode atrasar a conclusão do trecho e aumentar a espera na fila. Quem sai perdendo é o passageiro, justamente a quem queremos oferecer um transporte mais rápido e eficiente”, conclui Souza.

Fonte: Ferreoclipping
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário