sábado, 22 de outubro de 2011

Governo lança novo edital para teleférico na Rocinha, no Rio

23/10/2011 - RJTV / G1

Interessados devem ter capital e experiência em construção de teleféricos.

Há três anos o governo do estado pagou R$ 2, 2 milhões para a elaboração do plano de desenvolvimento da Rocinha, na Zona Sul do Rio, que incluiu projetos para a construção de planos inclinados no morro.

Um exemplo do sistema é o que foi instalado no Morro Dona Marta, em Botafogo, também na Zona Sul da cidade.

A empresa que fez o projeto na Rocinha foi selecionada em um concurso nacional promovido pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil, mas agora o governo do estado lançou um edital para escolher uma nova empresa que possa executar um novo projeto com um teleférico.

A ideia surgiu depois que foi confirmada a inauguração de uma nova estação do metrô na Estrada da Gávea, na Rocinha.

O governo faz exigências aos interessados que querem participar da concorrência, no dia 7 de novembro. Os candidatos devem ter capital mínimo de R$ 1 milhão e R$ 200 mil reais e comprovada experiência na construção de teleféricos.

“Nós teremos que ter garantia do projeto. A licitação pública, é aberta, é democrática”, falou Ícaro moreno, presidente da Empresa de Obras Públicas do estado (Emop).

"No Morro do Alemão, o arquiteto que projetou, não tinha experiência anterior. O escritório que venceu o concurso e tem trabalhado desde então tem plenas condições para incorporar esses novos valores", disse o presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil, Sérgio Magalhães.

A empresa vencedora terá em mãos R$ 12 milhões do governo do estado para criar o projeto. O teleférico da Rocinha poderia ter oito estações, três a mais do que no Alemão.

Pelos cálculos iniciais da Emop, a construção do novo sistema de transporte poderia custar R$ 700 milhões, que viriam de uma nova parceria com o Governo Federal. Ainda segundo a Emop, as obras, que durariam três anos, poderiam começar já em meados de 2012.

Fonte: Do RJTV/G1 RJ      Versão para impressão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário