terça-feira, 17 de julho de 2012

ONG do Morro da Providência paralisa obras do teleférico

16/07/2012 - O Globo

Segundo diretor da instituição, prefeitura ainda não deu nenhuma resposta sobre melhorias que serão realizadas como contrapartida à instalação de torres no terreno da ONG

RIO - O diretor geral do Instituto Central do Povo (ICP) - ONG ligada à Igreja Metodista - Ronaldo Pereira, informou que as obras do teleférico do Morro da Providência foram paralisadas na manhã desta segunda-feira. O instituto está impedindo a entrada dos cerca de 300 operários no canteiro de obras. Segundo Pereira, a atitude foi tomada devido ao não cumprimento por parte da prefeitura de melhorias na ONG, prometidas por ocasião da instalação de três torres dentro do terreno da instituição, como uma contrapartida às obras.

Enviamos uma notificação há cinco dias úteis ao secretário municipal de Habitação, Jorge Bittar, e, como não tivemos nenhum retorno, estamos paralisando a obra a partir de hoje disse Ronaldo, que acrescentando que, entre as melhorias prometidas no instituto, estão a reforma da creche e troca do piso.

Ronaldo Pereira acrescentou que cada uma das duas torres de sustentação do teleférico que estão no terreno da ONG tem 16 metros quadrados de base. E que elas afetariam futuras construções que a ONG poderia realizar no local:

A obra está trazendo muitos transtornos. Tem crianças da creche que fica dentro da nossa instituição que estão com alergia à poeira e foram encaminhadas para tratamento. Fora o barulho. Sem contar que podemos ficar sem área para ampliar a creche no futuro.

Ao ser contatada pelo GLOBO, a secretaria informou que não estava ciente do ocorrido e está verificando a questão.

O instituto fica na Rua Rivadávia Correia 188, no bairro Gamboa, atrás do terreno onde ficará a estação Gamboa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário