sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Teleférico do Alemão supera a marca de 3 milhões de passageiros transportados

23/08/2012 - Agência Rio

O teleférico do Complexo do Alemão acaba de superar a marca de 3 milhões de passageiros transportados. O expressivo número de embarques foi atingido na segunda semana deste mês, pouco depois de o primeiro sistema de transporte de massa por cabo do país completar um ano de funcionamento. Segundo a SuperVia, que administra o teleférico, a meta é aumentar o número de transportados de 10 mil para 15 mil por dia até dezembro.

“Acompanhamos as mudanças que têm sido implementadas para a melhoria na qualidade de vida e na cidadania local. Este número é a prova de que, por meio da eficiência do serviço oferecido, conquistamos a população e fidelizamos os passageiros para este sistema, que é pioneiro no Brasil – afirmou o diretor de operações do Teleférico do Alemão, Luiz de Souza.

Inaugurado no dia 7 de julho de 2011, o teleférico é fruto de intervenções do Programa de Aceleração do  Crescimento (PAC) na comunidade.

“O sucesso do Teleférico é comprovado através da marca de 3 milhões de embarques realizados ao longo deste primeiro ano de operação. O transporte por cabos está se mostrando uma importante ferramenta de mobilidade dentro das comunidades do Alemão. A eficiência do sistema está sendo levada, inclusive, para outras regiões do Rio, a fim de ampliar a capacidade de deslocamento de nossa população”, disse o secretário estadual de Transportes, Julio Lopes.

Usuários economizam tempo e dinheiro
 
Para a comunidade, o teleférico representa economia de tempo e dinheiro. Usuária do sistema, a dona de casa Maria das Dores Barbosa disse que diminuíram os gastos no transporte dos filhos até a escola. Moradores do Morro do Adeus, eles vão diariamente até a estação Itararé para estudar.

“Antes do teleférico, eu tinha que pagar R$ 360 por mês de transporte escolar para eles, porque a distância é longa. Hoje, gasto pouco mais de R$ 60 mensais para nós três irmos juntos, e levamos, no máximo, 20 minutos para chegar ao destino final”, disse a dona de casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário